CMC vendeu lote de terreno à Prisnov para nova unidade industrial que permitirá criar mais postos de trabalho

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, assinou hoje, nos Paços do Município, a escritura de compra e venda de um lote de terreno camarário, que ficará na posse da Prisnov - Indústria de Quadros Elétricos e Automatismos, Lda., pelo valor de 31.250 euros. A aquisição do imóvel visa a construção de uma nova unidade industrial e, segundo os responsáveis da empresa, permitirá criar novos postos de trabalho.

Manuel dos Santos e Jorge dos Santos, gerentes da empresa adquirente do terreno, também estiveram presentes no ato. O espaço em causa tem uma área de 1250 m2 e está localizado no Parque Industrial de Taveiro, Lote 1, na União de Freguesias de Taveiro, Ameal e Arzila, e destina-se à construção de novas infraestruturas industriais que permitirão à empresa Prisnov ampliar o seu volume de negócios.

Se a empresa não cumprir os prazos fixados, de comunicação prévia e de obra, ou se utilizar o lote para fins diversos do previsto, o contrato prevê o acionamento de uma cláusula de reversão.

Fundada em 1999 e especializada no fabrico de quadros elétricos para clientes industriais, a Prisnov - Indústria de Quadros Elétricos e Automatismos, Lda., surge devido ao aumento do volume de negócios da Cinov - Indústria e Comércio, S.A., que se encontra instalada no Parque Industrial de Taveiro, Lote 14, adquirido em 1994 e ocupado em 2001.

Com 18 anos de existência, a Prisnov tem como objetivo responder com qualidade e eficiência a uma necessidade crescente das empresas industriais, no que diz respeito ao fabrico de quadros elétricos e de automatismos, bem como de outros tipos de equipamentos com elevada complexidade técnica e aplicações muito específicas e à medida das necessidades dos seus clientes.