Restauro da Igreja Paroquial de Almalaguês vai receber apoio municipal de 20 mil euros

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra aprovou, por unanimidade, na sua reunião de segunda-feira, uma proposta para a atribuição de um apoio financeiro, no valor de 20 mil euros, à Fábrica da Igreja Paroquial de Almalaguês, para auxiliar nas despesas com as obras de beneficiação deste templo. A intervenção divide-se em duas fases. A primeira, já realizada, passou pela substituição do telhado e pintura exterior das paredes e teve um custo de 54.415,20 euros. A segunda vai incidir sobre a requalificação do teto, a pintura interior e o sistema elétrico e de som, e tem um custo estimado de 21.661,70 euros. No total, a beneficiação custará pouco mais de 76 mil euros, já com IVA incluído.

O pedido de apoio financeiro foi solicitado à CMC pelo presidente do Conselho Económico Paroquial de Almalaguês, que informou a autarquia das condições precárias em que se encontrava o imóvel e da necessidade urgente da intervenção. A obra foi assim faseada, tendo o Conselho Económico Paroquial avançado com a reabilitação da cobertura da igreja e pintura exterior do edifício. Uma empreitada entregue à empresa Conímbriga Construções, Lda., que teve um custo de 54.415,20 euros, com IVA incluído.

O presidente da CMC, Manuel Machado, visitou o local e, face à solicitação apresentada pelo Conselho Económico Paroquial de Almalaguês e ao facto de a intervenção passar, como considera, “pela recuperação de bens que são efetivamente de valor patrimonial e histórico relevante”, anunciou a intenção da autarquia comparticipar a obra com 20 mil euros.

A beneficiação prevê, ainda, levar a cabo uma segunda fase de trabalhos, que incidirá sobre a requalificação do teto, a pintura interior e o sistema elétrico e de som, e tem um custo estimado de 21.661,70 euros, com IVA incluído.

Recorde-se também que a CMC reconstruiu o muro do adro da igreja, num investimento de 28 mil euros e prepara-se para financiar a requalificação do adro da igreja, estando o concurso em fase final de audiência prévia (a proposta mais favorável é de cerca de 63.600 euros, já com IVA).

Refira-se, ainda, que a Igreja Paroquial de Almalaguês está localizada na área de proteção da Capela de S. Pedro e obteve parecer positivo da Direção Regional de Cultura do Centro sobre as obras executadas, nos seguintes termos: “…constata-se que os trabalhos se revestem de caraterísticas de conservação e manutenção do imóvel, considerando-se adequados ao imóvel e sem afetação do património classificado, sendo passível de se aceitar a sua implementação, nada havendo a opor à sua concretização”.