Abril Dança em Coimbra aposta nos melhores da dança contemporânea

A segunda edição conjunta do Abril Dança em Coimbra irá contar com a presença de alguns dos melhores “criadores, bailarinos e coreógrafos reconhecidos pela crítica e pelo público, tanto nível nacional como no estrangeiro”, afirmou a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Carina Gomes, na conferência de imprensa de apresentação do festival de dança contemporânea, que irá decorrer em Coimbra, entre 4 e 30 de abril. 

Olga Roriz, Paulo Ribeiro, Rui Horta, Tiago Rodrigues ou Victor Hugo Pontes e nomes em afirmação, como Àfrica Martinez Ferrin, Luís Guerra, Marina Nabais e Joana Pupo, Patrick Murys e o Ensemble do Curso de Dança do Conservatório de Coimbra, são alguns dos criadores que Coimbra irá acolher.

Ao longo de um mês, 13 espetáculos transformarão a cidade num palco de movimentos coreografados. Para Carina Gomes, a segunda edição da iniciativa conjunta do Município de Coimbra e do Teatro Académico Gil Vicente (TAGV) corresponde a um acréscimo “da qualidade da programação, do número das estruturas, dos agentes culturais envolvidos, do número de parceiros e do número de espaços que o próprio festival vai ocupar”.

Este ano, para além dos espaços municipais e do TAGV, o ciclo de dança expande-se às salas do Conservatório de Música de Coimbra, à Oficina Municipal do Teatro e a outros espaços públicos da cidade.  A praça da República, a praça das Bandeiras do Convento São Francisco e o Convento São Francisco irão receber oficinas, master classes, ensaios abertos e também conversas com artistas. Segundo Carina Gomes, “esta edição é mais transversal, uma vez que não inclui apenas performances”.

Por último, a autarca afirmou que, desde a inauguração do Convento de São Francisco, a autarquia tem apostado na vertente cultural, salientando que “a dança é uma área estratégica para posicionar mais e melhor a cidade no panorama nacional”. 

“Vamos colocar Coimbra no centro do que de melhor se produz a nível nacional”, salientou a autarca.

Por seu turno, o diretor do TAGV, Fernando Matos Oliveira, afirmou que este “é já o maior festival de dança da região Centro, mas com capacidade para, a breve prazo, se nacionalizar e até internacionalizar”. Para o responsável do TAGV, Coimbra tem “potencial enormíssimo” em termos culturais.

Um bailarino que volta a pisar o palco após 30 anos de ausência, um encenador de teatro que dirige um espetáculo de dança ou um grupo de corredores cujas passadas atléticas são orientadas para uma experiência coreografada, são algumas das propostas inusitadas que integram o Abril Dança em Coimbra. O festival culmina em festa, com a apresentação de três espetáculos no Dia Mundial da Dança. Um dia pleno a fechar o mais longo mês de Abril Dança em Coimbra.

PROGRAMA

Informações adicionais:

CONVENTO SÃO FRANCISCO 
Avenida da Guarda Inglesa, n.º 1 A, 3040-270 Coimbra
Bilheteira segunda a domingo 15h00 às 20h00 | 239 857 191
geral@coimbraconvento.pt | cmcoimbra.bol.pt | www.coimbraconvento.pt
facebook.com/ConventoSF

TEATRO ACADÉMICO DE GIL VICENTE 
Praça da República 3000-342 Coimbra
Bilheteira segunda a sábado 17h00 às 22h00 | 239 855 636
bilheteira@tagv.uc.pt | Balcões FNAC | tagv.bol.pt | www.tagv.pt
facebook.com/TeatroAcademicodeGilVicente